Casa da Memória Manoel Alves Pereira

20/03/2018

*

 

 

  • Criada e sancionada pela Lei Municipal nº 1505, de agosto de 2015, pelo atual Prefeito Marcus M. Tessorolli
  • Inaugurada em 13 de novembro de 2015
  • Possui a finalidade de resgatar, proteger, ordenar, classificar e divulgar a memória histórica e sociocultural do município, se valendo para isso dos seguintes produtos e serviços: guarda documental, exposições, pesquisas temáticas, atendimento de visitantes e pesquisadores, publicações, palestras e rodas de conversa.

 

 O seu patrono, o Senhor Manoel Alves Pereira, foi duas vezes Prefeito de Piraquara, eleito para o pleito de 1969 a 1973, voltando  ao posto em maio de 1982 e permanecendo até fevereiro de 1983.

 

2018 – Comemoração do Aniversário de 90 anos do Edifício Histórico que abriga a Casa da Memória “Manoel Alves Pereira”

Edifício construído no centro da cidade, próximo à linha do trem para abrigar a sede da Prefeitura Municipal e a Câmara Municipal de Vereadores. É uma construção eclética, executada entre 1925 a 1928.

O prédio onde hoje é a Casa da Memória “Manoel Alves Pereira” marca um período histórico importante, inaugurado quando a cidade era denominada Município de Deodoro e que passou a ser oficialmente para Município de Piraquara,  em 10 de abril de 1929 ( Lei nº 2645/1929 )  .

Inaugurado em 31 de março de 1928, na gestão do prefeito Leônidas Alves Cordeiro, sediou na época a Prefeitura Municipal ( 1928-1976 ) e a Câmara Municipal de Vereadores ( 1928-1972 ). Sediou também, provisoriamente, o Posto de Atendimento em Saúde da Associação de Proteção à Maternidade e à Infância – APMI, o Departamento de Educação, a Biblioteca Pública Municipal, os Departamentos de Cultura e Esporte e o Fórum da Comarca de Piraquara. No final do ano de 2010, passou pertencer definitivamente  a Secretaria Municipal de  Cultura, Esporte e Lazer, ficou conhecido popularmente ( na década de 90 )  como sendo a “Casa da Cultura”.

 Hoje, além de ser, ele próprio patrimônio histórico material, é oficialmente a sede de guarda da memória histórica e sociocultural de Piraquara, abrigando ainda, provisoriamente o acervo do Centro da Memória Ferroviária ”Superintendente João Tesserolli Junior”.

A Casa está aberta para visitação de segunda a sexta, das 9h às 12h e das 13h às 17h.

Para visitas guiadas ( escolas e grupos), agendar pelo telefone 3590-3605.