Centro de Referência Especializado para a População de Rua - CENTRO POP

05/04/2016

*O Centro POP do Município de Piraquara constitui-se em uma unidade de referência da Proteção Social Especial de Média Complexidade, de natureza pública e estatal. Oferta atendimento especializado à população de rua, representando um espaço de referência para o convívio grupal, social e o desenvolvimento de relações de solidariedade, afetividade e respeito. Objetiva proporcionar vivências para o alcance da autonomia, estimulando a organização, a mobilização e a participação social.

O Centro POP oferta os seguintes serviços:

Serviço Especializado para Pessoas em Situação de Rua

O Serviço Especializado para Pessoas em Situação de Rua tem a finalidade de assegurar acompanhamento especializado, com atividades direcionadas para o desenvolvimento de sociabilidades, resgate, fortalecimento ou construção de vínculos interpessoais ou familiares, tendo em vista a construção de outros projetos e trajetórias de vida, que viabilizem o processo gradativo de saída da situação de rua.

Oferta trabalho técnico para a análise das demandas dos usuários, acompanhamento e trabalho articulado com outros serviços de outras políticas públicas e ainda com os órgãos de defesa de direitos. É da sua competência contribuir para a inserção social, acesso a direitos e proteção social das pessoas em situação de rua. Todo o trabalho desenvolvido se dá numa perspectiva de "REDE", condição imposta pelas orientações técnicas dos serviços ofertados pela Política de Assistência Social e legislações específicas, fundamentada na concepção da proteção integral. Isso requer a interconexão e articulação dos serviços, organizações, movimentos sociais, comunidades, etc. A articulação referida deve ser iniciada logo que a pessoa em situação de rua é identificada, em interface com  as Secretarias Municipais de Saúde, Educação, Assistência Social, Ministério Público e outras entidades não governamentais integradas na rede de atendimento.

 

Serviço Especializado em Abordagem Social

O Serviço de abordagem social é oferta do Centro POP e é realizado no local onde se encontra a pessoa, podendo ser nos espaços abertos denominados públicos ( praças, calçadas, marquises, viadutos, parques etc ) ou ainda em espaços fechados e  reservados para o atendimento ao público ( hospitais, unidades de atenção primária em saúde,  CAPS etc ).

Na abordagem é realizada escuta, orientação e encaminhamentos, inclusive entrevista para o registro no Cadastro Único para programas sociais. O serviço de abordagem é contínuo e, muitas vezes é o único elo que conecta a pessoa em situação de rua com os serviços ofertados no município. É através do Serviço de Abordagem que a pessoa em situação de rua será encaminhada para o Serviço Especializado  e/ou para o Serviço de Acolhimento de Pessoas Adultas e Famílias. A pessoa em situação de rua não está obrigada a aceitar a oferta dos serviços.

A abordagem social é um dos pontos fundamentais que possibilitará (ou não) a saída da rua e é a garantia da oferta do serviço especializado.

Em resumo compete ao Centro POP:

  • Prestar atendimento a todas as pessoas que se encontram em situação de rua;
  • Realizar os encaminhamentos necessários de documentação pessoal;
  • Ofertar alimentação, acesso a higienização corporal e local para a guarda de pertences.
  • Garantir acompanhamento , imediatamente após o ligamento na instituição, para se evitar a reincidência e a  vitimização da pessoa. E, levando-se em conta a incompletude institucional, compete aos profissionais que realizam o atendimento, o encaminhamento a programas de atendimento e serviços comunitários, promovendo o "empoderamento da pessoa em situação de rua" e a reestrutação dos vínculos familiares e interpessoais.
  • Zelar pelo direito das pessoas que fazem da "rua" o seu local de convivência e sobrevivência.

Não está atribuído ao Centro Pop:

  • Obrigar a pessoa a aceitar os serviços ofertados;
  • Obrigar a pessoa a sair do local onde esta se encontra;
  • Retirar os pertences, que se encontram em espaço público, sem expressa permissão da pessoa;
  • Reter documentos pessoais;
  • Realizar investigação com o intuito de saber os antecedentes criminais;
  • Atender crianças e adolescentes.

Observação importante:

O Serviço de Acolhimento de Adultos e Famílias - Migrantes, Pessoas em Trânsito, Situação de Rua

Atende a pessoas com elevado grau de vulnerabilidade e risco social e pessoal.

Público alvo:

Famílias e/ou indivíduos com vínculos familiares rompidos ou fragilizados. É previsto para pessoas em situação de rua e desabrigo por abandono, migração e ausência de residência ou pessoas em transito sem condição de autossustento.

 

Atualmente é ofertado no mesmo espaço do Centro Pop. No entanto segue a orientações específicas de atendimento. E a sua oferta está condicionada a avaliação técnica e ao número de vagas disponíveis.

 

Contato Centro POP:

Funcionamento: das 8h às 17h de segunda a sexta

Endereço: Rua Frei Nicodemus Grundhoff, nº 526, Jardim Esmeralda

Telefone: 3590 - 3655