- Publicado em: 18/04/2017

Teve início a Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe

Teve início nesta segunda feira (17), em todo o país, a Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza. Todas as unidades de saúde de Piraquara estão mobilizadas com a campanha e a imunização já está disponível para as pessoas consideradas dos grupos prioritários, estabelecidos pelo Ministério da Saúde.  

A influenza, conhecida popularmente como gripe, é uma doença respiratória de origem viral, e é um problema de saúde pública no Brasil. Esta patologia pode levar a complicações graves e ao óbito, especialmente nos grupos de alto risco para as complicações da infecção viral.

Veja quem recebe a vacina pelo SUS

  • Crianças de 6 meses a menores que 5 anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias)
  • Gestantes
  • Puérperas (mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto)
  • Idosos (a partir de 60 anos)
  • Profissionais da saúde
  • Povos indígenas
  • Pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional
  • Portadores de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade
  • Professores de escolas públicas ou privadas

Professores entram no grupo prioritário

Esta é a primeira vez que professores da rede pública e privada são inseridos no público alvo, com direito a receber a imunização gratuitamente no SUS. A estimativa deste público no Paraná chega a 144 mil profissionais.

Proteção da vacina

A vacina disponível no SUS protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no país: A/H1N1; A/H3N2 e influenza B.

Atenção

Os grupos prioritários devem se vacinar todos os anos, já que a imunidade contra os vírus cai progressivamente. Além disso, o vírus da gripe passa por mutações frequentes.

“Dia D" da vacinação

Do dia 13 de maio, um sábado, acontece o “Dia D” de mobilização nacional, onde todas as unidades de saúde do município vão realizar atendimento especial das 08h às 17h para a disponibilização da vacina. Neste ano, a imunização também será disponibilizada no Teatro Municipal Heloína Ribeiro de Souza.

Cuidados de prevenção básicos devem ser mantidos

A vacina contra a gripe é a forma mais indicada de prevenção, mas uma boa dica é manter as mãos sempre limpas. Ao entrar em contato com outras pessoas em aperto de mão, após andar de ônibus ou pegar em objetos acessados por várias pessoas, e antes das refeições, não esqueça de lavar as mãos. Qualquer pessoa que apresente algum sintoma como febre acima de 38ºC, tosse e dor de garganta, deve procurar o serviço de saúde o mais rápido possível. 

É importante não tomar medicação sem prescrição médica, pois isso pode mascarar os sintomas e prejudicar o diagnóstico e o tratamento correto da doença. Quem estiver com sintomas de gripe deve evitar locais aglomerados e fechados e ter cuidado ao espirrar ou tossir, evitando contaminar outras pessoas com o vírus.


Compartilhe seu conteúdo nas redes sociais: