MEIO AMBIENTE - Publicado em: 28/06/2018

Piraquara será o primeiro município do Paraná a receber Pagamentos por Serviços Ambientais

Piraquara será a primeira cidade do Paraná a receber recursos para custear projetos de Pagamentos por Serviços Ambientais (PSA). Nesta quarta feira (27) a Governadora Cida Borghetti e Prefeito Marcus Tesserolli, o Marquinhos, assinaram o acordo de cooperação técnica para implantação do programa que vai beneficiar os proprietários de áreas na bacia do reservatório Piraquara I.

O município sai na frente dos demais em virtude do pioneirismo na ação, por meio do Projeto Manancial Vivo, desenvolvido desde 2015 por meio da parceria entre a Prefeitura, SPVS e Fundação Boticário de Proteção a Natureza. Piraquara já possui legislação específica para o PSA, além do diagnóstico das propriedades aptas para aderirem ao programa.

De acordo com o Prefeito Marquinhos a concretização do acordo de cooperação é um momento histórico para o município. "Neste momento testemunhamos a efetivação de políticas públicas compensatórias para as cidades que muitas vezes são penalizadas por preservarem o patrimônio hídrico. Agradecemos a sensibilidade do Governo do Estado e todos os envolvidos para a concretização do programa", ressaltou.

O Pagamento de Serviços Ambientais (PSA) vai conceder incentivos econômicos para proprietários de imóveis rurais ou urbanos comprometidos com a preservação da natureza. "O Governo do Estado aprofunda suas políticas para a conservação do meio ambiente com este programa, abrindo grandes possibilidades para o futuro", afirmou a Governadora Cida Borghetti.

O acordo de cooperação técnica com a prefeitura de Piraquara foi firmado pela Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Sanepar e Instituto Águas Paraná.

Projeto Manancial Vivo

O projeto foi desenvolvido por meio da parceria entre a Prefeitura de Piraquara, SPVS e Fundação Boticário de Proteção a Natureza.  O objetivo principal no Projeto Manancial Vivo é estimular proprietários a realizarem boas práticas de conservação das áreas naturais, bem como o manejo adequado das áreas produtivas. A intenção é conciliar a conservação da natureza, a agropecuária e o turismo.

A Bacia do Rio Piraquara foi escolhida para o desenvolvimento do projeto em virtude da sua importância para o abastecimento de água e por abrigar remanescentes florestais conservados. Os técnicos da SPVS e da Secretaria do Meio Ambiente e Urbanismo visitaram as propriedades, avaliaram as condições ambientais e fizeram orientações sobre o manejo correto da vegetação e o uso do solo.

Desta forma, a Prefeitura realizou um cadastro dos proprietários interessados e aptos em participar do projeto e receber uma compensação financeira por Serviços Ambientais (PSA). A ação prevê a premiação monetária dos proprietários de áreas naturais que possuem boas práticas ambientais, com o propósito de garantir a preservação da floresta, da água e da biodiversidade no município de Piraquara.

Foto: AEN


Compartilhe seu conteúdo nas redes sociais: