Criado em 10/01/2021

Piraquara está preparada para a campanha de vacinação contra à Covid-19

Com o anúncio do Governo do Paraná sobre o início da vacinação ainda em janeiro, a Prefeitura de Piraquara ajusta os detalhes para a mobilização. Nesta segunda-feira, dia 11 de janeiro, o Prefeito Josimar Fróes autorizou a aquisição de quatro novas câmaras frias para a ampliação da capacidade de armazenamento de doses, da Secretaria Municipal de Saúde. O município aguarda o início do Plano Nacional de Vacinação contra à Covid-19 e ao mesmo tempo busca a aquisição direta de 50 mil doses do Instituto Butantã.   

Desde o ano passado, o município se prepara para a campanha de vacinação contra à Covid-19. Foi reservado o recurso para a compra de 50 mil doses da CoronaVac, do Instituto Butantã. Em relação aos insumos, a Secretaria Municipal de Saúde possui em estoque o quantitativo suficiente de seringas e agulhas para o atendimento da população. Também foi elaborado um plano de ação quando as doses estiverem disponíveis.   

De acordo com o Prefeito de Piraquara, Josimar Fróes, a campanha de vacinação é uma das prioridades neste início de gestão. “É a nossa prioridade, inclusive destinamos os recursos que todo início de ano são utilizados nas festividades do aniversário para a campanha. Piraquara está preparada para o atendimento imediato da população assim que as doses estiverem disponíveis. Aguardamos as vacinas do Plano Nacional, mas continuamos as tratativas para a compra de doses do Butantã para ampliarmos a oferta para a nossa população”, destacou.

AÇÕES DE ENFRENTAMENTO CONTINUAM

MUTIRÃO DE ORIENTAÇÃO E TESTAGEM

Além da organização para a campanha de vacinação, as ações de combate à Covid-19 continuam. Na próxima quinta-feira, dia 14 de janeiro, a Secretaria Municipal de Saúde realizará mais um mutirão, em frente à Prefeitura de Piraquara, para avaliação de pacientes com sintomas leves e se necessário, coleta de exame de swab (RT-PCR cotonete). O município é pioneiro na ação que chega a sua quinta edição e já resultou na testagem de aproximadamente 800 pessoas.
 
O atendimento será feito por meio do sistema drive trhu e também em tendas que serão montadas. Ele é destinado a pessoas que estejam com sintomas leves como dor de cabeça, dor de garganta, dor no corpo e coriza, por exemplo. As pessoas devem apresentar um documento de identificação pessoal e o comprovante de residência. A ação visa ampliar o número de atendimentos e evitar que pessoas com sintomas leves vão até a UPA ou alguma unidade de saúde.

Observações importantes

 - Se você já teve Covid-19, não há necessidade de nova coleta;

- Sintomas leves, são: dor de cabeça, dor de garganta, dor no corpo, coriza;

- Sintomas moderados, deverão procurar a UPA: febre, falta de ar, fadiga.

Serviço

Data: 14/01/2021

Hora: A partir das 9h

Local: Em frente à Prefeitura de Piraquara. Av. Getúlio Vargas, n° 1990, Centro.

LEITOS DE RETAGUARDA

A Secretaria Municipal de Saúde de Piraquara, disponibiliza leitos de retaguarda para pacientes clínicos e psiquiátricos, atendidos na Unidade de Pronto Atendimento - UPA 24h, que necessitem de internamento e estão aguardando vagas na Central de Leitos. A ação foi planejada para diminuir o risco de contaminação pelo novo coronavírus, haja vista, o aumento expressivo de casos respiratórios causados pela Covid-19.

O município de Piraquara é um dos pioneiros nessa ação, já se precavendo ao aumento de casos da doença, proveniente das festas de final de ano. A unidade de retaguarda clínica e psiquiátrica funciona no Espaço Saúde da Unidade Osmar Pamplona, sem interferir em qualquer tipo de atendimento ou prestação de serviço da atenção básica a comunidade. 

No espaço não são realizadas consultas, os pacientes admitidos e avaliados na UPA 24h, sem risco de morte e com quadro de saúde estável, são transferidos via Central de Remoções para esse local. Os pacientes críticos ou que apresentam quadros clínicos ou psiquiátricos instáveis são mantidos na Unidade de Pronto Atendimento 24h, com fluxos de atendimento separados.

Galeria

Tags:piraquara, covid
Compartilhe seu conteúdo nas redes sociais: