Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infantil

A data 18 de maio é marcada pelo Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. Em Piraquara, uma carreata alusiva ao tema foi realizada na quinta-feira, 21 de maio. Organizada pela equipe da Escola Municipal Marlene do Rocio Licheski, a ação contou com apoio das Secretarias Municipais de Educação e Assistência Social, Conselho Tutelar, Polícia Militar, pais dos alunos e comunidade em geral.

Aproximadamente 25 veículos passaram pelos bairros Planta Deodoro, Planta Suburbana (atendidos pela escola) e pela região central de Piraquara. O objetivo foi mobilizar e sensibilizar a população na luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes. “Foi muito bom e gratificante, muitas pessoas abraçaram essa causa tão importante. Recebemos mensagens pelas redes sociais de pais dizendo que foi muito marcante e que alguns se emocionaram ao ver a mobilização” relatou Thaís Giese Machnicki, Diretora da Escola.

A Prefeitura Municipal de Piraquara fará uma série de ações em parceria com a Rede de Proteção, para combater a violência contra as crianças e adolescentes no município. Recentemente a Escola Municipal Marlene do Rocio Licheski foi abalada com o caso da aluna, Georgia Barbosa das Neves, de 07 anos, vítima de violência.

A Secretaria Municipal Carla Juliane dos Santos Vilar, comenta que o apoio da população, para realizar as denúncias é fundamental. “O que queremos é dar visibilidade a esta causa, para que a população fique atenta ao seu redor, sendo uma rede de apoio, e caso percebam algo estranho, se encorajem a denunciar, principalmente neste momento que as crianças estão sem aulas, devido a pandemia do coronavírus” destacou Carla.  

LEGISLAÇÃO

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes instituído pela Lei Federal 9.970/00 é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes em todo o território brasileiro. Esta data foi escolhida em virtude do crime cometido contra Araceli, uma menina de apenas 8 anos de idade, abusada sexualmente e brutalmente assassinada em 18 de maio de 1973.

PARANÁ

A Secretaria de Estado da Saúde – SESA alerta a gravidade do assunto, segundo dados  do Sistema de Informação de Agravos (SINAM) mostram que em 2019, dos 40.551 mil casos notificados de violência interpessoal/autoprovocada no Paraná, 44,01% (17.863) são casos envolvendo crianças e adolescentes. No que se refere às notificações de violência sexual, os dados no Estado são alarmantes, dos 4.326 registros no sistema, 76,9% (3.329) foram praticados contra crianças e adolescentes.

DENÚNCIAS 

O Paraná possui um canal próprio que recebe denúncias o “Disque 181”. O Disque 100 (Direitos Humanos), também recebe ligações de qualquer telefone fixo ou móvel, ambos são serviços de atendimentos telefônicos gratuitos que recebem denúncias sobre violações de crianças e adolescentes. Funcionam 24 horas por dia e as denúncias podem ser anônimas.

SERVIÇO

Conselho Tutelar de Piraquara: (41) 3590-3443 / Plantão (41) 98752-6195

Galeria

Tags:piraquara, Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infantil
Compartilhe seu conteúdo nas redes sociais: