INSTITUCIONAL - Publicado em: 27/11/2019

Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres foi reforçado em Piraquara

Nesta segunda, dia 25 de novembro, Piraquara chamou atenção durante a mobilização do "Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres", celebrado no mundo todo na referida data. Organizado pelo Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher, o evento foi realizado na Câmara Municipal com uma programação cultural e de orientação sobre os serviços de acolhimento, proteção e defesa das mulheres vítimas de violência.

Logo no início da manhã, antes mesmo do início da Sessão Solene, o evento foi destaque durante o Programa Meio Dia Paraná, da RPC TV, que mostrou a mobilização de Piraquara ao vivo para Curitiba e região metropolitana. Às 09h, o auditório já estava cheio com a participação de conselheiras, servidoras municipais de todas as secretarias, representantes do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher, movimentos, grupo de escoteiros, agentes da cidadania, estudantes, além da comunidade.

Durante a abertura a Primeira-Dama e Presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher, Ana Elizabete Mazon de Souza Tesseroli, falou sobre o papel do órgão e sua atuação conjunta com as secretarias e movimentos que formam uma rede de proteção no município. Ela também falou sobre o histórico da data e qual o seu principal objetivo na sociedade atual.

"É dia de denunciar e exigir políticas públicas em todos os países pela erradicação desse mal que é a violência contra as mulheres. O combate contra violência de gênero tem uma importante dimensão política, a educação e uma resposta adequada da justiça que evite a impunidade são importantes chaves para lutar contra a violência que atinge as mulheres", destacou.

A programação ainda contou com as falas da Delegada de Polícia e representante do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher, Márcia Marcondes, da Chefe Tita do Grupo de Escoteiros Guardiões das Águas, da Coordenadora do CREAS de Piraquara, Sunamita da Silva Oliveira, da advogada e representante do Quebrando o Silêncio, Marilene Lopes Dos Santos Muzi.

Outro momento marcante do evento, ficou por conta do depoimento de vida da moradora e empresária de Piraquara, Maria Ribeiro. Ela falou sobre a sua história pessoal e situações vivenciadas em sua infância relacionadas à violência doméstica. Para encerrar, um momento cultural contou com a performance da oficina do Teatro Municipal Heloína Ribeiro de Souza, declamação de poema pela servidora Simone Nobre e apresentação da Associação Beneficente Dikaion.

Confira as fotos



Compartilhe seu conteúdo nas redes sociais: