Criado em 22/07/2020

Alô, vizinho! Diga não à violência contra a mulher

Nesta quarta-feira, 22 de julho, Dia Estadual de Combate ao Feminicídio, a Prefeitura de Piraquara, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, aderiu à campanha do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), “Alô, vizinho”. A iniciativa visa envolver toda a vizinhança na batalha contra violência doméstica, principalmente neste período de isolamento da pandemia de Covid-19. Em muitos casos, os vizinhos podem fazer a diferença acionando as autoridades quando identificada uma situação de risco.

Idealizada neste ano, a campanha foi adotada em diferentes estados brasileiros e destaca o número do Ligue 180, o aplicativo Direitos Humanos Brasil e o endereço do portal da Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos (ONDH). Em Piraquara, o material também informa o telefone do Centro de Referência de Assistência Social - CREAS e do Conselho Tutelar do município. Foram confeccionados cartazes e material informativo para divulgação em espaços públicos e locais de grande circulação de pessoas.

O Dia Estadual de Combate ao Feminicídio

Nesta quarta-feira, dia 22 de julho, é reconhecido o Dia Estadual de Combate ao Fminicídio. Ele foi instituído pela Lei 19.873/2019 em memória à morte violenta da advogada Tatiane Spitzner, ocorrida há exatamente dois anos, e a todos os outros casos de feminicídios registrados no Paraná.

A Prefeitura de Piraquara, por meio das secretarias municipais de Assistência Social e Educação, com o apoio do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher – CMDDM, atua por meio de diferentes frentes de conscientização, mobilização e acolhimento, e reforça que o feminicídio é um crime que deve ser combatido todos os dias e que necessita do envolvimento de toda a sociedade.

SERVIÇO

Em caso de flagrante ou que a situação de violência esteja ocorrendo naquele momento, ligue para o número 190 - Polícia Militar do Paraná. Para denunciar anonimamente a violência, telefone para 181 - Disque-Denúncia. O CREAS presta atendimento especializado por meio do telefone 3590-3415 ou pelo WhatsApp 98875-9608. Ligue 180 - Central de Atendimento à Mulher. Ligue 100 - Disque Direitos Humanos

Tags:piraquara, mulher, pr
Compartilhe seu conteúdo nas redes sociais: