Criado em 17/02/2021

A Vigilância Ambiental de Piraquara alerta sobre o combate à dengue durante o verão

De acordo com o Boletim Semanal da Dengue, divulgado no dia 16 de fevereiro, pela Secretaria de Estado da Saúde – SESA, no Paraná foram confirmados 132 novos casos da doença. Em Piraquara, foram notificados seis casos no período epidemiológico e apenas um confirmado. O período considera os meses de agosto de 2020 até junho de 2021. Em razão do período chuvoso e de calor no verão, o cuidado deve ser redobrado para combater a proliferação do mosquito.

No bairro São Cristóvão foram identificados focos do mosquito, com isso, a Secretaria Municipal de Saúde de Piraquara deslocou equipes técnicas da Vigilância Ambiental para realizar o trabalho de remoção e eliminação de criadouros, fazer o bloqueio no raio de 300 metros do local de confirmação para conter um possível surto.

Na segunda-feira, 08 de fevereiro, a equipe percorreu também a região do Guarituba, visitando Pontos Estratégicos, locais de armazenamento de recicláveis. Os Agentes de Combate a Endemias realizam a vistoria dos locais e orientam os proprietários sobre os cuidados com armazenamento dos materiais, eliminando possíveis criadouros do mosquito.

Além disso, na terça-feira, 09 de fevereiro, foram montadas armadilhas em diferentes bairros do município, com intuito de identificar a presença do mosquito Aedes Aegpty. No período de verão aumentam as temperaturas e a quantidade de chuvas, condições propícias para o surgimento de criadouros de mosquito transmissores dos vírus da Zika, Dengue e Chikungunya.

O trabalho com as armadilhas, pontos estratégicos e o levantamento de índice amostral, são atividades permanentes em Piraquara como preconizado pelo Ministério da Saúde. Destacamos que os casos registrados no município são importados, ou seja, a pessoa contraiu a doença em outro local.   

Para eliminar os mosquitos transmissores de doenças, um cuidado especial deve ser tomado com vasos de plantas e lixos abandonados nos quintais, que são capazes de acumular água, pois esses são os principais criadouros encontrados nas residências do município. Os Agentes de Endemias têm intensificado as ações de prevenção, realizando o levantamento de índice amostral, vistoria nos imóveis, monitoramento de locais de risco.

O supervisor de Vigilância Ambiental, José Carlos de Almeida, destaca que a Prefeitura e a população devem ser aliadas ao combate à dengue. “É importante que a população receba os agentes de endemias, pois nossa função é orientar e auxiliar no combate aos focos de mosquito, estamos sempre uniformizados e identificados para dar suporte à população”, destacou.

Se souber de algum local que não segue as orientações de prevenção contra à dengue, denuncie para a Vigilância Ambiental 3590-3764 ou Ouvidoria da Secretaria de Saúde 3590-3729.

Galeria

Tags:piraquara, dengue
Compartilhe seu conteúdo nas redes sociais: